Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Paixão por Lisboa

Espaço dedicado a memórias desta cidade

Paixão por Lisboa

Espaço dedicado a memórias desta cidade

Capela de Nossa Senhora do Monte

"Quem quiser gozar uma das mais lindas vistas da nossa querida Lisboa, não tem mais do que subir a íngreme Calçada do Monte e chegando ao topo, disfrutar de um lindíssimo panorama da nossa Lisboa.
Ora quem vai a esse elevado ponto da capital pode visitar a ermida de Nossa Senhora do Monte e S. Gens.
Em 1147, quando D. Afonso Henriques tomou a cidade aos mouros, vieram quatro ermitas de santo agostinho na armada cristã estangeira que aproou ao Tejo e ajudou o nosso primeiro monarca nesse empreendimento. O povo cristão, querendo eternizar a memória do seu tão querido prelado, aproveitou estes êxitos para oferecer a esses eremitas um local no sopé do Monte (ponto antigamente muito respeitado pelo povo, em virtude de ser aí que S. Gens, segundo bispo de Lisboa, sentado na sua cadeira, havia pregado a lei do Crucificado) onde havia, em grande adoração, debaixo de um alpendre, a cadeira de S. Gens.
Os eremitas, atendendo às virtudes do insigne mártir e aos desejos dos moradores daqueles sítios, fizeram aí a sua primeira moradia em 1148, com uma ermidinha ao pé, onde veneravam como padroeira do reino uma perfeita imagem de Nossa Senhora, e dentro dessa ermida colocaram a milagrosa cadeira.
Foi esta primeira ermida levantada à memória deste mártir português, e a primeira residência dos eremitas de santo agostinho, com o nome de S. Gens, razão porque o povo mais tarde lhes chamava Frades de S. Gens.
Até ao começo do século XIII, existiram a ermida e o eremitório, e foi nessa data que uma nobre dama - Dona Susana - proprietária daquelas vizinhanças, ao ver o desconforto em que os frades viviam, lhes doou todas as terras que lhepertenciam no alto do Monte, para lá residirem, mandou edificar, em 1243, outra ermida em memória desse santo bispo, e para esta nova ermida foram passadas todas as imagens e a citada cadeira. Como porém, aqui a devoção a Nossa Senhora aumentasse, o povo foi-lhe chamando Senhora do monte."
Texto adaptado do original, de Henrique Marques Júnior, in Olisipo : boletim do Grupo "Amigos de Lisboa", A. IX, n.º 33, Janeiro 1946

Capela de Nossa Senhora do Monte, foto de Paulo Gu

Capela de Nossa Senhora do Monte, foto de Paulo Guedes, in a.f. C.M.L.

"Séc. 13 - doação de uma devota aos eremitas de Santo Agostinho dos terrenos que compreendiam o cabeço do Monte para a construção de uma ermida, para substituir a primitiva capela de São Gens, situada a meia encosta; 1271 - os eremitas de Santo Agostinho mudam-se para o monte vizinho (onde viriam a edificar o convento da Graça); com a sua saída, a cadeira de São Gens, objecto de grande devoção popular, foi colocada no alpendre da capela, esta foi então entregue à irmandade de São Gens; 1306 - os Agostinhos pretendem recuperar a posse da ermida, o que conseguem, ficando a ermida a ser governada por um capelão (religioso do convento da Graça eleito em capítulo) que aí residia com um donato; séc. 18, 1.ª metade - execução de um presépio, talvez por António Ferreira; 1755, 01 novembro - a ermida é completamente destruída pelo terramoto e rapidamente substituída por uma provisória em madeira; 1757 - a ermida já se se encontra reconstruída e a cadeira de São Gens é recolocada no interior; remodelação do presépio; 1758, 10 abril - nas Memórias Paroquiais, assinadas pelo pároco dos Anjos, António Carlos de Oliveira, é referido que a capela é administrada pelos religiosos do Mosteiro da Graça, possuindo uma imagem alvo de grande devoção e romagem, sendo também alvo de grande devoção a imagem e cadeira de São Gens, onde se sentam as grávidas, a pedir um bom parto; séc. 19 - feitura de algumas peças para o presépio, nomeadamente um gurpo de vendedoras; reconstrução da capela pelo arquiteto Honorato José Correia de Macedo e Sá; 1834 - 1835 - as propriedades dos Agostinhos no Monte são adquiridas por Clemente José Monteiro, a quem o Governo confia a conservação e manutenção do culto na ermida; 1848 - falecimento de Clemente José Monteiro e reorganização da antiga irmandade dos Escravos de São Gens e de Nossa Senhora do Monte; 1969 - estragos provocados pelo sismo; 1999, 11 agosto - elaboração da Carta de Risco do imóvel pela DGEMN."
in http://www.monumentos.pt/Site/APP_PagesUser/SIPA.aspx?id=5009

Cadeira de São Gens.jpg

 Cadeira de São Gens, foto C.M.L.

A cadeira de São Gens ainda hoje é procurada por mulheres grávidas. Ainda existe a crença de que o facto de se sentarem na cadeira lhes propícia, supostamente, uma "boa e curta hora" na altura do parto.

Miradouro da Senhora do Monte, 1959, foto de Arnal

Miradouro da Senhora do Monte, 1959, foto de Arnaldo Madureira, in a.f. C.M.L.

Miradouro da Senhora do Monte, foto de Bárcia.jpg

Miradouro da Senhora do Monte, foto de José Arthur Leitão Bárcia, in a.f. C.M.L.

Padrão erguido em 1148, foto de Bárcia.jpg

Padrão erguido em 1148, foto de José Arthur Leitão Bárcia, in a.f. C.M.L.

Mais sobre mim

foto do autor

Calendário

Maio 2016

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Pesquisar

 

Visitante

Tradutor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D