Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Paixão por Lisboa

Espaço dedicado a memórias desta cidade

Paixão por Lisboa

Espaço dedicado a memórias desta cidade

Largo de Santa Marinha

Na altura da extinção das ordens religiosas o Bairro da Graça sofre uma grande mudança, o Convento passa a Quartel, a Igreja do Largo de Santa Marinha é demolida, e grande parte dos terrenos conventuais foram expropriados e vendidos a particulares.

Largo de Santa Marinha, foto de José Arthur Leit

Largo de Santa Marinha, foto de José Arthur Leitão Bárcia, in a.f. C.M.L.

Adenda - às 13:16, do dia 05-02-2017

A Igreja de Santa Marinha segundo, o Padre Carvalho da Costa no seu tempo (1712), tinha uma inscrição junto à porta, que dizia ter sido sagrada a Igreja em 12 de Dezembro de 1222.
O seu local era ao centro do actual Largo de Santa Marinha, que foi formado após a demolição do templo.
A Igreja ficou pouco danificada pelo terramoto de 1755, e continuaram nela os actos religiosos até 1834.
A demolição foi resolvida em 1837, mas só se iniciou em Janeiro de 1845, concluindo-se em 1853. O terreno foi entregue à Câmara Municipal, pelo decreto de 23 de Novembro de 1843, para ficar sendo via pública.
Bibliografia: Dispersos, Vol. I, de Augusto Vieira da Silva

Igreja de Santa Marinha, desenho da autoria de Gon

Igreja de Santa Marinha, desenho da autoria de Gonzaga Pereira, foto de José Arthur Leitão Bárcia, in a.f. C.M.L.

Atlas da carta topográfica de Lisboa, nº 37 de F

Atlas da carta topográfica de Lisboa, nº 37, de Filipe Folque, in A.M.L.

Mais sobre mim

foto do autor

Calendário

Maio 2016

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Pesquisar

 

Visitante

Tradutor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D