Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Paixão por Lisboa

Espaço dedicado a memórias desta cidade

Paixão por Lisboa

Espaço dedicado a memórias desta cidade

O Prédio Almada, e as Lápides Romanas

"Êste prédio alto que olha o Largo, entre a Rua da Madalena e a Travessa do Almada encostado pelo posterior à Travessa das Pedras Negras, foi construído, num aspecto que não diverge muito do actual em 1749, por João Manuel de Almada e Melo, visconde de Vila Nova de Sotto de El-Rei, tenente general, paroquiano, que no sítio das Pedras Negras outras mais casas edificou...Na parede do edifício Almada desta Travessa estão embebidas quatro lápides e pedras romanas, que podes ler e ver sem dificuldade. Foram encontradas soterradas neste local em 1749, quando o tal João de Almada e Melo ordenou aberturas de novos caboucos para erguer sua propriedade. Êste sítio foi fértil em achados arqueológicos, do tempo da dominação romana. Mas falemos por agora apenas dêstes. O maior corresponde, na legenda latina, a uma dedicatória de Lisboa a um pretor. Pode traduzir-se dêste modo: «Felicitas Julia, Olisipo, dedica a Lúcio Cecílio, filho de Lúcio Celeri, recto questor da província da Bética, tribuno do povo e pretor».
Esta primeira lápide, no começo da Travessa, está incompleta; é na melhor das interpretações, uma dedicatória de certo Caio Júlio a Mercúrio e a César Augusto.
A lápide a seguir, sôbre uma pequena coluna, diz justamente, no seu latim, que «Tito Licínio Amarântio por voto dedicou à mãi dos deuses».
Esta outra da extremidade, mais decorativa, tem a legenda completa. Interpreta-se desta forma: Tito Licínio Cerno, natural de Lychaonia, dedicou à mãi dos deuses, a grande Ida da Frígia, sendo nobres duúnviros Cássio e Cassiano, e cônsules nobilíssimos Marco Atílio e Afroniano, e sendo governador Gaio."
in "Peregrinações em Lisboa", Livro 2, pág. 16 e 20, de Norberto de Araújo

Prédio com lápides romanas, sd, foto de José Ar

Prédio  Almada com lápides romanas, s/d, foto de José Arthur Leitâo Bárcia, in a.f. C.M.L.

Prédio Almada, 1901, foto de Machado & Souza, in

Prédio Almada, 1901, foto de Machado & Souza, in a.f. C,M.L.

Prédio Almada, e travessa do Almada, 1907, foto d

Prédio Almada, e travessa do Almada, 1907, foto de Machado & Souza, in a.f. C,M.L.

Lápide romana, sd, foto de Est´dios Mário Novai

Lápide romana, «Felicitas Julia, Olisipo, dedica a Lúcio Cecílio, filho de Lúcio Celeri, recto questor da província da Bética, tribuno do povo e pretor», 1944, foto de Estúdios Mário Novais, in a.f. C.M.L.

Lápide romana, sd, foto de Est´dios Mário Novai

Lápide romana, «dedicatória de certo Caio Júlio a Mercúrio e a César Augusto», 1944, foto de Estúdios Mário Novais, in a.f. C.M.L.

Lápide romana, sd, foto de Est´dios Mário Novai

Lápide romana, «Tito Licínio Amarântio por voto dedicou à mãi dos deuses», 1944, foto de Estúdios Mário Novais, in a.f. C.M.L.

Lápide romana, sd, foto de Est´dios Mário Novai

Lápide romana, «Tito Licínio Cerno, natural de Lychaonia, dedicou à mãi dos deuses, a grande Ida da Frígia, sendo nobres duúnviros Cássio e Cassiano, e cônsules nobilíssimos Marco Atílio e Afroniano, e sendo governador Gaio», 1944, foto de Estúdios Mário Novais, in a.f. C.M.L.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Calendário

Outubro 2017

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Pesquisar

 

Visitante

Tradutor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D